Conheça a Zona Portuária do Rio

Design
Paixão por Design . Design . Conheça a Zona Portuária do...
Conheça a Zona Portuária do Rio

Transformar espaços e influenciar positivamente na vida das pessoas, esse é o grande objetivo da arquitetura e do urbanismo. A Zona Portuária do Rio de Janeiro foi revitalizada e se tornou um exemplo de grande reforma urbana.

O Projeto Porto Maravilha, iniciado em 2011, foi desenvolvido com o objetivo de recuperar as áreas de infraestrutura urbana, transportes, meio ambiente e patrimônios histórico e cultural da Região Portuária.

O Projeto transformou a arquitetura do local, principalmente na Praça Mauá, que se tornou cartão postal carioca unindo um amplo espaço para passeios e caminhadas com a beleza da Baía de Guanabara.

Se você ainda não conhece o local, a Calper separou algumas dicas de pontos turísticos imperdíveis na Zona Portuária:

Museu do Amanhã

O Museu do Amanhã é um excelente passeio cultural no Rio de Janeiro. Sua arquitetura, desenvolvida por Santiago Calatrava, renomado arquiteto e engenheiro espanhol, encanta pela precisão dos traços, que fazem referência às bromélias do Jardim Botânico e contrastam com a Baía de Guanabara.

O Museu une ciência à tecnologia, usando como apoio recursos audiovisuais e jogos interativos. O espaço possui auditório, lojas, restaurante e cafeteria.

Museu de Arte do Rio

O Museu de Arte do Rio (MAR) foi projetado pelo escritório carioca Bernardes + Jacobsen. O projeto arquitetônico do Museu se manifesta com dois edifícios que já haviam sido erguidos: tombado palacete eclético Dom João VI (1916) e o edifício modernista (1940), que unidos por uma leve onda fluida de concreto armado, formam um dos mais importantes Museus do Rio de Janeiro, um espaço dedicado à arte e à cultura visual.

Igreja São Francisco da Prainha

A Igreja São Francisco da Prainha foi erguida em 1696 pelo Padre Francisco da Motta e encanta com o seu estilo barroco, destancando as valiosas peças presentes na arquitetura. Tombada como monumento artístico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a Igreja foi completamente restaurada em 2015, mantendo suas características originais.

Mural Etnias

O mural Etnias, obra do grafiteiro Eduardo Kobra, é considerado o maior grafite do mundo feito por apenas um artista. Localizado na altura do Armazém 3, no Boulevard Olímpico, a obra tem 3 mil metros quadrados e foi inspirada nos cinco arcos olímpicos.

A obra da Zona Portuária foi um legado cultural deixado pelas Olimpíadas Rio 2016.

 

Galeria

Zona Portuária do Rio Zona Portuária do Rio
Mural Etnias Mural Etnias
Museu do Amanhã Museu do Amanhã
Museu do Amanhã Museu do Amanhã